Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Pronome pessoal em adjacência verbal

Pronome pessoal em adjacência verbal

Os pronomes pessoais apresentam formas tónicas e formas átonas:

  • as formas tónicas são as que desempenham as funções sintáticas de sujeito, de complemento oblíquo ou de complemento agente da passiva: eu, tu, você, ele/ela, nós, vós, vocês, eles/elas; mim, ti, si; comigo, consigo, connosco, convosco.
  • as formas átonas são as que desempenham as funções sintáticas de complemento direto ou complemento indireto: me, te, se, o/a, lhe, vos, os/as, lhe/lhes.
Ocorrência das formas átonas

As formas átonas ocorrem em adjacência verbal, ou seja, junto ao verbo. Podem ocorrer em 3 situações:

A- Geralmente, os pronomes pessoais átonos surgem à direita do verbo:

   Ex.: A Catarina desligou o rádio. :::::» A Catarina desligou-o.

Alterações na forma dos pronomes à direita do verbo:
a. passam a -lo(s), la (s), se o verbo terminar em  -r, -s, -z.
Ex.: A Ana faz as rabanadas. ::::::::::» A Ana fá-las.

b. passam a -no(s), -na(s), se o verbo terminar em -m, ditongo ou vogal nasal:
Ex.: Os alunos corrigiram os exercícios :::::::» Os alunos corrigiram-nos.

B- Se as formas verbais se encontram flexionadas no futuro do indicativo ou no condicional, os pronomes pessoais átonos surgem integrados no verbo:

   Ex.: O Luís comprará o jogo. ::::::» O Luís comprá-lo-á.
           Eu beberia café, se pudesse. ::::» Eu bebê-lo-ia, se pudesse.

C- Os pronomes pessoais átonos surgem à esquerda do verbo nas seguintes situações:


  • integrados em frases com palavras com valor negativo (Ex.: Eu não quero ver o João. ::» Eu não o quero ver.)
  • integrados em orações subordinadas. (Ex.: Ela disse que trouxe o casaco. ::» Ela disse que o trouxe).
  • integrados em frases interrogativas iniciadas por pronomes ou advérbios. (Ex.: Quem é que encomendou o bolo? ::» Quem é que o encomendou.
  • integrados em frases com alguns advérbios (ainda, talvez, já, sempre, só...). (Ex.: Ainda não ofereci nada à Eva. :::» Ainda não lhe ofereci nada.
  • integrados em frases com alguns quantificadores e pronomes indefinidos. (Ex.: Alguém contou a verdade ao Leandro.::::» Alguém lhe contou.


Vamos lá testar os teus conhecimentos:

Reescreve as frases, substituindo os constituintes sublinhados por um pronome pessoal. Procede às alterações necessárias.

a) Em que local viram o assaltante?
b) A Ana põe os livros na estante.
c) Que bom que telefonaste à Ana!
d) Nós faríamos os exercícios rapidamente.
e) Os músicos só tocaram as suas músicas favoritas no final do concerto.
f) O vocalista da banda vai dedicar uma canção aos seus amigos.
g) Os festivaleiros iam cantando as músicas à medida que o concerto avançava.
h) Os elementos do júri fariam a sua apreciação no final de cada música.
i) Nós daremos um beijo à professora.
j) Se pudesse faria uma festa na escola.
k) O Olavo não comprou a senha ontem.
l) O Jorge põe os ovos no frigorífico.
m) Os alunos fizeram um desenho à professora.
n) os alunos fizeram um desenho à professora.
o) O pintor deixaria os quadros aos seus amigos, caso não tivesse sido roubado.
p) A Ana revelou-nos o seu segredo mais íntimo ontem.
q) Os livros ofereceram-nos uma viagem no tempo.

Soluções:
a) Em que local o viram?
b) A Ana põe-nos na estante.
c) Que bom que lhe telefonaste!
d) Nós fá-lo-íamos.
e) Os músicos só as tocaram no final do concerto.
f) O vocalista da banda vai dedicar-lhes uma canção.
g) Os festivaleiros iam-as cantando à medida que o concerto avançava.
h) Os elementos do júri fá-la-iam no final de cada música.
i) Nós dá-lo-emos à professora.
j) Se pudesse fá-la-ia na escola.
k) O Olavo não a comprou ontem.
l) O Jorge põe-nos no frigorífico.
m) Os alunos fizeram-no à professora.
n) Os alunos fizeram-lhe um desenho.
o) O pintor deixar-lhos-ia, caso não tivesse sido roubado.
p) A Ana revelou-no-lo ontem.
q) Os livros ofereceram-no-la.

Sem comentários: